Pazzinatto identifica a questão abordada no livro com o termo “psicopatologização da vida”. Ele explica: “é quando tornamos patológicos os comportamentos que não são patológicos”. De acordo com o autor, a visão do que é ser normal varia de acordo com as culturas e também com o período histórico que vivemos. Trata-se de uma crítica à maneira como temos ´patologizado` as relações.

Os nove contos abrangem um universo particularmente interessante, que passam por questões de gênero, sexualidade, fases da vida, aprendizagem, educação, criminalidade e relações de trabalho. O último conto, “2054”, relata uma história fictícia, na qual todas as pessoas do mundo já haviam recebido um diagnóstico de doença mental. De acordo com Pazzinatto, a normatização é uma forma de violência para aqueles que não se enquadram na regra, e, afirma que, nesse ponto, os contos trazem um tipo de denúncia.

 

Informações adicionais:

 

Categorias: Contos brasileiros. Juventude, Psicologia

Hashtags: #contosbrasileiros #contos #literatura #psicologia #psicopatologia #deslacosdefamilia

Deslaços de Família

SKU: DF11
R$ 40,00Preço
  • Peso: 220g

    Dimensões: 14 x 20 x 1 cm

    Tipo do livro: Impresso